Publicado por: Luiz Felipe | 10/06/2014

Adriano Light

Jamais pensei que poderia acontecer. Um relacionamento criado pela paixão, forjado pelo amor e fundamentado pela confiança não poderia terminar assim. Traição é uma palavra pequena, porém muito pesada para nós. Mas foi isso que aconteceu. Fui traído.

Traído por ti, que tantas alegrias me proporcionou. Sempre te tratei da melhor maneira possível. Entendia que sem carinho a nossa relação não poderia durar e por isso tentei ser o mais romântico possível, desejando e buscando aquilo que eu achava melhor para nós dois.

Quantos amores abandonei por ti? Inúmeras vezes larguei os estudos para te ver rolar pelos campos da vida e correr atrás de ti sempre que era necessário. Pois inventaste de pregar uma peça em mim. Trabalhaste inclusive em colaboração com os Deuses do Futebol, permitindo-me apenas 10 minutos de contato no último jogo em que nos encontramos.

Na décima primeira volta do relógio, o golpe inesperado. Na tentativa de atingir a bola , eu que fui golpeado. Pelo destino. Eu, que queria apenas um final de ano tranquilo, rompi do Tendão de Aquiles e arranjei cinco meses de absoluta calmaria e um novo tipo de chuteira somente para o pé esquerdo. Da noite para o dia virei um Adriano light. Com menos gordura, dinheiro e fama.

Anúncios
Publicado por: Luiz Felipe | 24/05/2014

De volta!

Bom, acho que estou de volta. Depois de três anos ausente, sem sequer escrever uma linha, estou pronto recomeçar este blog. Desde 2011, tenho passado por aqui e notado que ele anda tão carente de linhas, parágrafos e, claro, comentários. 

Não pretendo arranjar desculpas para justificar a minha ausência. Posso dizer apenas que fui viver um pouco para voltar a escrever depois. O fato é que vivi demais e escrevi de menos. Confesso a minha derrota para a preguiça e o sumiço da minha inspiração nos últimos anos. Ao que tudo indica, porém, ela está de volta. Parece pronta para abordar assuntos relevantes e irrelevantes. 

Mas desde o último post nada mudou drasticamente. Continuo apaixonado pela mesma mulher, que me transformou, creio eu, em um homem melhor, fui traído pela primeira vez pelo futebol ao sofrer uma lesão no Tendão de Aquiles e penso quase que sem parar no futuro. 

Estou aí, estou de volta. Motivado, modificado e ansioso por novos comentários 

Older Posts »

Categorias